Textos para leitura 1 e 2

Metalurgia designa um conjunto de procedimentos e técnicas para extração, fabricação, fundição e tratamento dos metais e suas ligas.

História :
Desde muito cedo, há mais de dez mil anos, o homem aproveitou os metais para fabricar utensílios, como o cobre, o chumbo, o bronze, o ferro, o ouro e a prata tiveram amplo uso na antiguidade. Os primeiros altos-fornos apareceram no século XIII. A indústria metalúrgica teve novo impulso no século XVIII com a revolução industrial. Com o domínio do fogo, surgia a possibilidade da metalurgia. Com exceção do ouro e, eventualmente, da prata, do cobre, da platina e do mercúrio, todos os metais praticamente existem na natureza apenas na forma de minérios, isto é, combinados com outros elementos químicos e na forma oxidada, e para extraí-lo e "purificá-lo" (isso significa separar o metal da sua combinação inicial e transformar este em substância simples, ou seja, reduzir seu nox a zero) podemos ter como auxílio o processo de oxi-redução (eletrólise industrial).

A palavra “metal” vem do grego e significa “procurar, sondar”. Provavelmente, a primeira produção de metal foi obtida acidentalmente, ao se colocar certos minérios de estanho ou de chumbo numa fogueira. O calor de uma fogueira (cerca de 200 °C) e o carvão são suficientes para derreter e purificar estes minérios, produzindo um pouco de metal. Depois, o estanho e chumbo também podem ser derretidos e moldados numa fogueira comum.
 
Leia mais e visite todo o site: clique aqui
 

Fusão de aço cálcio silício curso técnico em metalurgia

Texto 2 - Vamos conhecer um pouco da Alquimia, ciência anterior à Química e sua precursora.

Vamos conhecer alguns aspectos da Alquimia, a antecessora da Química moderna.

 

 

 

...Os sábios que dedicaram sua vida inteira à pesquisa alquímica pretendiam transformar os materiais opacos em metais brilhantes e nobres. Em suas recolhas de laboratórios realizavam valiosas pesquisas e idealizaram uma linguagem cheia de símbolos indecifráveis para, deste modo, burlar a vigilância a que estavam submetidos por parte daqueles regulamentos sociais, que em todos os tempos tem considerado como tarefa prioritária a perseguição, ou desqualificação daqueles que se atrevem a discordar e não compartilhar dos convencionalismos.

 

Os grandes personagens do pensamento hermético e esotérico anotavam suas investigações em códigos e as chaves decifradoras só eram conhecidas pelos iniciados. Com isso muitos alquimistas se separavam da sociedade, formando seitas secretas e seu engajamento era feito através de juramentos:

"Eu te faço jurar pelos céus, pela terra, pela luz e pelas trevas; Eu te faço jurar pelo fogo, pelo ar, pela terra e pela água; Eu te faço jurar pelo mais alto dos céus, pelas profundezas da terra e pelo abismo do tártaro; Eu te faço jurar por Mercúrio e por Anubis, pelo rugido do dragão Kerkorubos e pelo latido do cão de três tetas, Cérbero, guardião do inferno; Eu te conjuro pelas três Parcas, pelas três fúrias e pela espada a não revelar a pessoa alguma nossas teorias e técnicas".

 

Leia mais:Clique aqui

 

 

 

 

Os alquimistas descobriram os primeiros elementos e os nomearam quimicamente, usando símbolos herméticos. Considerando que trabalhavam em laboratórios destilando substâncias, em que sua pesquisa se diferenciava dos “físicos” que vendiam tônicos de vila em vila?

 

 

Redija um pequeno texto e envie ao seu professor com suas considerações após ter pesquisado no site sugerido. Responda:

 

Há alguma relação entre o nome, o símbolo e os conceitos de mundo, o modo como os homens viam os metais e os comparavam com alguma coisa ou conceito?

Que tal ler um best seller fantástico: O Alquimista - Paulo Coelho.

CTRL Click na imagem.
CTRL Click na imagem.